A Polícia Federal cumpre na manhã desta quarta-feira (25) mandados de busca e apreensão em duas empresas e duas residências localizadas em João Pessoa e Bayeux. As investigações são provenientes da Operação Lectus, que apura desvios de recursos públicos para combate à pandemia na Secretaria de Saúde do Rio Grande do Norte. A Controladoria Geral da União (CGU) também atua na operação em conjunto com a PF.

As ordens foram expedidas pela 14ª Vara Federal – Seção Judiciária do Rio Grande do Norte, que também determinou duas medidas cautelares de afastamento do cargo público. Além das ações na Paraíba, policiais federais cumprem outros seis mandados de busca e apreensão nos municípios de Natal e Mossoró.

As investigações apontam a existência de uma associação criminosa que direcionou duas contratações de leitos de UTI, no Hospital Coronel Pedro Germano e no Hospital João Machado, tendo por objetivo o desvio de recursos públicos federais destinados ao tratamento da Covid-19 que foram repassados ao estado do Rio Grande do Norte.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

sete + três =