Gestores e donos de MPE (micro e pequenas empresas) têm condições especiais de crédito durante todo o mês de outubro na CEF (Caixa Econômica Federal), informou o banco nesta quarta-feira (5). Linhas como o Pronampe e o Crédito Especial Empresa estão com juros reduzidos, prazos de pagamento estendidos e pacotes que incluem outros serviços e benefícios.

Isso se deve à comemoração do Dia Nacional da Micro e Pequena Empresa, nesta quarta, que lembra a criação do Estatuto Nacional da Microempresa e da Empresa de Pequeno Porte, por meio da Lei Complementar nº 123/2006. Segundo a CEF, a data busca valorizar o comércio local e os pequenos negócios, que são a base da economia brasileira e estão presentes no dia a dia do consumidor, na oferta de serviços e produtos.

Uma das modalidades de empréstimos oferecidas é o Pronampe (Programa Nacional de Apoio às Micro e Pequenas Empresas), que está com taxa de juros da Selic + 6% a.a. (ao ano) e prazo total de 48 meses, sendo 11 meses de carência e 37 parcelas de amortização.

Ele pode ser contratado por microempreendedores individuais com faturamento igual ou inferior a R$ 81 mil, por microempresas que têm receita bruta igual ou inferior a R$ 360 mil, e por empresas de pequeno porte com faturamento entre R$ 360 mil e R$ 4,8 milhões.

Os recursos podem ser utilizados para investimentos e capital de giro isolado ou associado ao investimento. Até setembro deste ano, já foram contratados por meio dessa linha de crédito R$ 8 bilhões, por 85 mil empresas.

Para o Crédito Especial Empresa, a CEF reduziu, especialmente para essa ocasião, a taxa de juros, disponível a partir de 1,24% a.m. (ao mês). Essa linha não tem destinação específica, os recursos são creditados diretamente na conta da empresa e podem ser usados, por exemplo, para equilibrar o fluxo de caixa, repor estoques, pagar salários e 13º, entre outras despesas. Pode ser contratada por empresas com faturamento anual de R$ 4,8 milhões a R$ 30 milhões.

Serviços bancários

Para as empresas interessadas em contratar a máquina de cartões Azulzinha, o banco reduziu para R$ 10 mil o valor mínimo de faturamento mensal exigido, além de facilitar o recebimento das vendas na modalidade Flex, em até dois dias, ou antecipação automática, em até um dia.

A Caixa também oferece aos clientes pessoa jurídica os benefícios Caixa Alimentação e Caixa Refeição, com possibilidade de pontuação no Programa de Fidelidade Caixa Pré-Pagos, de acordo com o número de cartões contratado para seus empregados.

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

doze + 8 =