Compartilhe e nos ajude a continuar com o projeto

A Autarquia Especial Municipal de Limpeza Urbana (Emlur), diante do anúncio de paralisação dos agentes de limpeza da empresa Líbano Serviços LTDA (Limppar), contratada para realizar coleta na Zona Sul, afirma que está buscando o entendimento com trabalhadores e empresa para o pronto restabelecimento dos serviços. Esclarece ainda que não há qualquer pendência quanto ao pagamento à empresa prestadora, mas como gestora do contrato vai esgotar todos os canais de entendimento e garantir que o cidadão de João Pessoa não tenha a limpeza pública interrompida.

De acordo com o superintendente da Emlur, Ricardo Veloso, é “importante deixar claro que não existe atraso de salário. O que existe é que a categoria quer receber o vale-alimentação no dia primeiro de cada mês, mas esse benefício vem sendo pago junto com os salários. Como o contrato deles é regido pela CLT, a empresa pode efetuar o pagamento até o quinto dia útil de cada mês sem ser considerado atraso”.

Ricardo Veloso lembrou ainda que esse tipo de acordo não passa pela gestão da Emlur, que apenas contrata os serviços da terceirizada, ficando a relação sindical e de salários a cargo da empresa e não do Município. O que se espera no momento é a sensibilidade da contratada para a superação do impasse.

A Emlur também afirma que, caso seja necessário, vai utilizar os serviços de servidores próprios e trabalhadores de outra terceirizada para cobertura de localidades eventualmente atingidas com o movimento.

Compartilhe e nos ajude a continuar com o projeto

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

onze + 5 =