Leo Lins, que foi demitido do SBT após ter feito uma ‘piada’ com uma criança com hidrocefalia durante um show de stand up, ainda segue dando o que falar. Em uma nota oficial enviada à imprensa, a AACD (Associação de Assistência à Criança Deficiente) repudiou o ato do ‘humorista’ e classificou a fala dele como crime.

No vídeo que viralizou nas redes sociais, Lins começa citando o “Teleton”, que arrecada fundos ajudando crianças com problemas de saúde, e comentou sobre a história de um menino que vive no interior do Ceará.

“Eu acho muito legal o Teleton, porque eles ajudam crianças com vários tipos de problema. Vi um vídeo de um garoto no interior do Ceará com hidrocefalia. O lado bom é que o único lugar na cidade onde tem água é a cabeça dele. A família nem mandou tirar, instalou um poço. Agora o pai puxa a água do filho e estão todos felizes”, disse o comediante.

“A AACD repudia veementemente a “piada” feita por Leo Lins em vídeo divulgado recentemente nas redes sociais do comediante. Em uma fala extremamente infeliz e bastante capacitista, ele ataca pessoas com hidrocefalia, chama as pessoas com deficiência de “crianças com vários tipos de problemas” e mostra desrespeito aos moradores do Ceará.

Ele cita diretamente o Teleton, marca que no Brasil pertence à AACD, e há 25 anos tem contribuído para transformar vidas de milhares de pessoas com deficiência física de todas as partes do Brasil.

A atitude de Leo Lins também configura crime, conforme prevê o artigo 88 da lei 13.146/2015 – “Praticar, induzir ou incitar discriminação de pessoa em razão de sua deficiência: Pena – reclusão, de 1 (um) a 3 (três) anos, e multa”.

Esse tipo de “piada” é de extremo mau gosto, capacitista e incabível na sociedade em que vivemos hoje, pois vai na contramão de um mundo mais inclusivo pelo qual lutamos todos os dias. A AACD aguarda um posicionamento público com pedido de desculpas de Leo Lins.

Combater o capacitismo, o preconceito a pessoas com deficiência, é missão de todos nós”.

Demissão do SBT

Na tarde de segunda-feira (04), o setor de recursos humanos do SBT convocou Lins para informa-lo sobre sua demissão. O comediante fazia parte do elenco do “The Noite”, programa comandado por Danilo Gentili.

De acordo com o portal Em Off, a decisão da emissora, que foi autorizada por Silvio Santos e a alta cúpula da empresa, é irreversível, já que a família Abravanel é responsável pelo Teleton, arrecadação beneficente que mantém as unidades da Associação de Assistência à Criança Deficiente (AACD) abertas em todo o país.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

1 × 3 =