Como se não bastasse o aumento frequente no preço dos alimentos, combustíveis e demais produtos, os sucessivos reajustes no valor do gás de cozinha registrou dois aumentos em menos de dois meses na Paraíba. O preço botijão poderá custar até R$ 95,00, a partir desta quinta-feira (11). A Petrobrás justificou o aumento dando como argumento a instabilidade do mercado internacional de petróleo.

De acordo com a Petrobras, o percentual do reajuste será de 5,1% no botijão de 13 quilos, o que representa um aumento médio de R$ 5. Nos estabelecimentos comerciais, o consumidor que fizer a a compra à vista poderá pagar R$ 90 e na compra a prazo o valor pode variar entre R$ 92 e R$ 95.

Em entrevista ao ClickPB, o presidente do Sindicato dos Revendedores de Gás GLP da Paraíba (Sinregás), Marcos Antônio Bezerra, explicou que o aumento foi repassado aos revendedores desde o último dia 9.”A Petrobras repassou o aumento desde o dia 9, mas nós seguramos até o dia 11. Então, a partir desta quinta-feira os consumidores passam a viver com mais um aumento”, disse.

“Esse item é essencial na vida de milhares de famílias, que já enfrentam esse momento de desemprego e as dificuldades econômicas aprofundadas pela pandemia da Covid-19. Com mais esse aumento, o orçamento das famílias fica ainda mais comprometido e acaba desafiando o sustento dos lares”, disse a dona de casa, Daniela Nunes, em entrevista

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

vinte − catorze =