A Polícia Civil da Paraíba prendeu em flagrante, nesta segunda-feira (27), um homem suspeito de cometer crimes de estelionato e receptação de veículo furtado. Segundo o delegado João Paulo Amazonas, ao menos 30 pessoas físicas e jurídicas já teriam sido vítimas do golpe aplicado pelo investigado, que utilizava a ferramenta Pix para simular o pagamento de uma compra.

“Ele está sendo investigado por aplicar diversos golpes no comércio de João Pessoa e adjacências e agia simulando transferências via Pix na compra de objetos de alto padrão, como celulares, aparelhos eletrônicos, computadores, e similares. Também entre as vítimas estão diversos postos de gasolina, e pessoas de bem, que anunciavam bens por aplicativos de compras”, disse o delegado João Paulo Amazonas.

“São mais de 30 vítimas identificadas. No momento da prisão, foi encontrado em poder do investigado um veículo com restrição de Roubo/Furto, pertencente a uma locadora de veículos, e utilizado no cometimento das fraudes no comércio. Mais uma ação da DCCPAT, com foco na redução dos crimes patrimoniais”, concluiu o delegado.

Ele foi conduzido a Central de Flagrantes da Polícia Civil, onde fica a disposição da Justiça.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

12 − cinco =