Compartilhe e nos ajude a continuar com o projeto

O corpo da cantora Marília Mendonça foi enterrado na tarde deste sábado (6,) no cemitério Parque Memorial, em Goiânia, durante cerimônia reservada à família e amigos mais próximos. A artista morreu após a queda do avião em que estava com parte de sua equipe, incluindo o tio Abicieli Silveira Dias Filho. Ele também foi enterrado no mesmo local.

Os caixões foram levados por duas viaturas do Corpo de Bombeiros do Ginásio Goiânia Arena, onde foram velados, para o cemitério. Milhares de fãs acompanharam o cortejo.

Os cantores Henrique e Juliano, Maiara e Maraisa e Murillo Huff foram em cima da viatura dos bombeiros junto com o caixão da cantora. Antes de saírem do ginásio, o cerimonial tocou os versos “ninguém vai sofrer sozinho, todo mundo vai sofrer”, um dos mais famosos da artista.

A cantora morreu junto com parte de sua equipe, da qual o tio fazia parte, na queda do avião em que estava com destino a Caratinga (MG), cidade onde fariam um show, na noite na noite de sexta-feira (5).

Ainda não se sabe as causas do acidente. O Cenipa, órgão da Aeronáutica, vai apurar o que houve. O avião decolou de Goiânia no início da tarde e caiu em uma cachoeira de Caratinga por volta de 16h.

Os caixões dela e do tio Abicieli Silveira Dias Filho deixaram o ginásio ao som dos versos “ninguém vai sofrer sozinho, todo mundo vai sofrer”, um dos mais famosos da cantora, que estão na música “Todo mundo vai sofrer”.

Uma multidão de fãs acompanha o cortejo até o local do enterro. Os corpos de Marília e do tio foram velados no ginásio entre 13h e 17h.

Maiara e Maraisa vão junto com caixão de Marília Mendonça em cima do carro dos bombeiros — Foto: TV Anhanguera
Compartilhe e nos ajude a continuar com o projeto

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

três × 2 =