Bloco Principal

‘Dinheiro esquecido’: mais de R$ 7 bilhões aguardam resgate em sistema do BC

 

Banco Central divulgou na quarta-feira (7) que R$ 7,07 bilhões podem ser resgatados por pessoas físicas e empresas no Sistema de Valores a Receber (SVR), ferramenta que mostra o dinheiro “esquecido” por clientes em instituições financeiras. Os dados são do mês de abril.

Segundo a instituição, a cifra é referente a contas encerradas ainda com saldos disponíveis, tarifas cobradas indevidamente, entre outras fontes.

O sistema tem disponíveis cerca de R$ 5,68 bilhões em valores a receber para 36,1 milhões de CPFsR$ 1,39 bilhão ainda podem ser resgatados por 2,75 milhões de CNPJsVeja mais abaixo como consultar e resgatar.

De acordo com as estatísticas do Banco Central, quase 63% dos beneficiários dos resgastes devem receber até R$ 10. No total, serão 27,71 milhões de pessoas.

A segunda maior parcela — 11,15 milhões de pessoas ou 25% — têm entre R$ 10,01 e R$ 100,00 esquecidos.

Confira a quantidade de beneficiários por faixa de valores a receber:

Veja quantos pagamentos estão pendentes por faixa de pagamento
em milhões *beneficiários em mais de uma faixa são contados mais uma vez
entre R$ 0,00 e R$ 10,00: 27,71entre R$ 10,01 e R$ 100,00: 11,15entre R$ 100,01 e R$ 1.000,00: 4,55acima de R$ 1.000,01: 0,78

entre R$ 0,00 e R$ 10,00
27,71
Fonte: Banco Central

  • acima de R$ 1.000,01: 787.398 beneficiários
  • entre R$ 100,01 e R$ 1.000,00: 4.557.428 beneficiários
  • entre R$ 10,01 e R$ 100,00: 11.158.001 beneficiários
  • entre R$ 0,00 e R$ 10,00: 27.712.747 beneficiários

 

As estatísticas do Banco Central apontam que, desde o ano passado, R$ 3,93 bilhões já foram devolvidos a pessoas físicas e empresas.

A maior parte do valor foi resgatada por pessoas: R$ 2,94 bilhões para 13,47 milhões de brasileiros. Outros R$ 984,5 milhões foram devolvidos a 493.146 CNPJs.

Como consultar e resgatar

 

O único site no qual é possível fazer a consulta e saber como solicitar a devolução dos valores para pessoas jurídicas ou físicas, incluindo falecidas, é o https://valoresareceber.bcb.gov.br. A consulta está disponível desde o dia 7 de março.

É importante ressaltar que, via sistema do Banco Central, os valores só serão liberados para aqueles que fornecerem uma chave PIX para a devolução.

Caso não tenha uma chave cadastrada, você precisará entrar em contato com a instituição para combinar a forma de recebimento. Outra opção é criar uma chave e retornar ao sistema para fazer a solicitação.

No caso de valores a receber de pessoas falecidas, é preciso ser herdeiro, testamentário, inventariante ou representante legal para consultá-los. Também é necessário preencher um termo de responsabilidade.

Após a consulta, é preciso entrar em contato com as instituições nas quais há valores a receber e verificar os procedimentos.

Veja o passo a passo:

 

1. Não custa reforçar: a primeira etapa é saber se você tem valores a receber.

Isso é feito pela página www.valoresareceber.bcb.gov.br. O BC ressalta que este é o único site disponibilizado para consulta.

2. Após clicar no botão “Sistema de Valores a Receber (SVR)”, você será encaminhado para consulta pública.

  • Nessa etapa, é preciso preencher os campos com CPF e data de nascimento.
  • No caso de empresas, a busca é feita pelo CNPJ e data de abertura do negócio.

G1

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Botão Voltar ao topo
slot gacor hari ini
situs slot luar negeri