A ex-presidenta Dilma Rousseff usou as redes sociais nesta segunda-feira 8 para rebater uma afirmação feita pelo ex-ministro Ciro Gomes, provável candidato do PDT à Presidência da República em 2022. Ao UOL, o pedetista se referiu a ela como “outro aborto que aconteceu na história brasileira”. Antes, também havia chamado o ex-presidente Fernando Collor de Mello de “aborto”.

“Mais uma vez Ciro se dedica a um ataque contra mulheres, de caráter misógino, reforçando a retórica machista e retrógrada tão em voga nos tempos atuais. Esse discurso preconceituoso fica bem aos reacionários, não a quem almeja conduzir os destinos da Nação no século 21”, escreveu Dilma.

“É vergonhoso e lamentável. Ciro parece querer ser uma variante de Bolsonaro e, para isso, ataca a mim, a Lula e ao PT. O discurso de ódio é igual”, completou.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

dezenove + 15 =