Compartilhe e nos ajude a continuar com o projeto

A criança de quatro anos que teve uma caneta encravada no pescoço pela mãe, recebeu alta do Hospital de Trauma de João Pessoa nesta terça-feira (19). De acordo com informações, o menino foi levado para o Centro de Atendimento Socioeducativo Rita Gadelha, no bairro de Jaguaribe, em João Pessoa.

A promotora da infância, Ivete Arruda, disse, que o menino não tem condições de voltar a morar com a avó ou com a mãe.

Em relação, a mãe do menino, uma adolescente de 15 anos, ela está em internação provisória por 45 dias. A adolescente está sendo acompanhada por psiquiatras.

A adolescente deverá responder criminalmente pela tentativa de homicídio, porém por ter sido estuprada pelo padrasto e engravidado e que as violências eram acobertadas pela mãe, deverão ser levados em conta.

Compartilhe e nos ajude a continuar com o projeto

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

cinco × 5 =