O deputado federal Luis Miranda (DEM-DF) afirmou neste domingo (27) que seu irmão, o servidor Luis Ricardo Miranda, foi bloqueado de acessar o sistema eletrônico do Ministério da Saúde.

Luis Ricardo é chefe de importação do Departamento de Logística em Saúde da pasta. Segundo os irmãos, o acesso ao Sistema Eletrônico de Informação (SEI) do ministério foi fechado dois dias após a dupla prestar depoimento à CPI da Covid no Senado.

O G1 questionou o Ministério da Saúde ainda na manhã deste domingo sobre o suposto bloqueio, mas não havia recebido resposta até a última atualização desta reportagem.

Aos senadores, o servidor da Saúde relatou ter sofrido pressão pela liberação da vacina indiana Covaxin, embora os dados iniciais do contrato apontassem para possíveis irregularidades – entre as quais, o pagamento antecipado de US$ 45 milhões para uma empresa que não constava no contrato.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

seis + 14 =