A Ordem dos Advogados Conservadores do Brasil (OACB) entrou com um pedido de habeas corpus no STF para que o ex-ministro da Saúde Eduardo Pazuello possa se recusar a responder perguntas na CPI da Covid e que não seja preso. Pazuello, assim como Marcelo Queiroga, atual titular da pasta, foi reconvocado pelos senadores. O relator designado é o ministro Ricardo Lewandowski.

 

E o que é a OACB?

Um grupo de advogados bolsonaristas que foi denunciado à Corregedoria da OAB pelo presidente da Ordem, Felipe Santa Cruz, pelo possível cometimento de crime disciplinar. Eles também foram denunciados à procuradoria da OAB, com o pedido de abertura de uma ação judicial, por estarem usando sigla alusiva à OAB.

Há alguns meses, a OACB prometeu assessoria jurídica gratuita a Jair Bolsonaro, seus filhos e todos os membros do governo, sob a promessa de processar todos aqueles que os ofenderem.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

catorze − 7 =