Compartilhe e nos ajude a continuar com o projeto

O coordenador do GAECO no Ministério Publico estadual, Octavio Paulo Neto, garantiu ao Portal WSCOM que inexiste na conjuntura da Operação Calvário as delações dos envolvidos Edvaldo Rosas e Pietros Harley, apesar dos muitos rumores improcedentes.

– Até agora não fomos procurados por nenhum advogado, em que pese os rumores, garantiu.

CASO LIVÂNIA – Ainda sobre os efeitos da delação da ex-secretária de Admijistração do Estado, Livânia Farias, em torno da Operação Calvário envolvendo diversas autoridades do Estado, ele explicou que a “colaboração” da ex-dirigente se mantém na justiça comum estadual.

– A colaboração de Livânia foi submetida à subprocuradoria que atua no STJ, que fez uma apreciação e ao final foi remetida à justiça comum estadual, pois não viu indícios (na colaboração) de qualquer fato que ensejasse sua competência, concluiu.

Compartilhe e nos ajude a continuar com o projeto

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

4 × três =