A Câmara de Representantes dos Estados Unidos aprovou nesta quarta-feira (10) o plano de estímulo para a economia americana de US$ 1,9 trilhão, impulsionado pela Casa Branca, uma vitória para o governo de Joe Biden, que dá um alívio a famílias e empresas afetadas pela pandemia.

O plano, que inclui o pagamento de US$ 1.400 em ajudas diretas através de cheques para as famílias com renda menor e recursos para a vacinação, foi aprovado sem nenhum voto republicano na Câmara baixa, onde os democratas têm maioria.

A aprovação se deu por 220 votos a 211 – entre os democratas, apenas um votou contra. O plano depende agora apenas da assinatura de Biden.

O plano, que prevê, entre outras medidas, o envio de cheques diretos de até US$ 1,4 mil às famílias, é uma das maiores injeções de ajuda federal desde o início do século passado. Também estão incluídas no plano medidas para o auxílio desemprego, vacinas, escolas e pequenas empresas.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

1 × cinco =