Há mais de uma semana com soluço persistente e alegando sentir dores abdominais, o presidente Jair Bolsonaro, foi levado para o Hospital das Forças Armadas (HFA) em Brasília para fazer exames, nesta quarta-feira (14). A agenda do político foi cancelada.

De acordo com o próprio Bolsonaro, o problema pode ter relação com medicamentos que precisou tomar por causa de uma cirurgia para implante dentário. Na quinta-feira (08), o presidente afirmou: “Estou há uma semana com soluço, talvez não consiga me expressar bem nessa live”. Desde então, o problema não desapareceu.

O Palácio do Planalto não deu detalhes sobre o estado de saúde de Bolsonaro.

O presidente tinha reuniões com os presidentes do Senado, Rodrigo Pacheco (DEM-MG), da Câmara, Arthur Lira (PP-AL) e do Supremo Tribunal Federal (STF), Luiz Fux, na manhã desta quarta-feira. Essa reunião foi definida no início da semana, com o objetivo de apaziguar o ambiente entre os poderes da República.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

3 × quatro =