Ex-ministro da Educação e pré-candidato a governador de São Paulo, Abraham Weintraub (PMB) provocou, nesta sexta-feira (24/6), o presidente Jair Bolsonaro (PL), de quem foi aliado até poucos meses atrás.

Via Twitter, Weintraub ironizou o fato de ter deixado o importante cargo na Esplanada dos Ministérios por outras questões, diferentemente do seu sucessor, o também ex-ministro Milton Ribeiro, alvo de investigação pela Polícia Federal.

“Eu traí por ser honesto e permanecer honesto? Observe que o Jet Ski é da MARINHA e a gasolina é paga com nossos impostos!”, registrou o ex-ministro.

Veja a publicação:

 

Crise no MEC

A Polícia Federal prendeu preventivamente o ex-ministro da Educação Milton Ribeiro, na manhã de quarta-feira (22/6), em operação que investiga esquema de corrupção envolvendo pastores evangélicos durante a gestão dele à frente do MEC.

A operação apura um suposto esquema de favorecimento em liberação de verbas do MEC para prefeituras ligadas aos pastores Gilmar Santos e Arilton Moura, ambos integrantes da Assembleia de Deus e sem nenhum cargo na pasta. Os dois também são alvo de investigação da PF.

Um grampo telefônico usado pelo Ministério Público Federal (MPF) para apontar indícios de envolvimento do presidente Jair Bolsonaro (PL) e encaminhar para o STF parte da investigação sobre o escândalo no Ministério da Educação mostra o ex-ministro Milton Ribeiro contando a uma filha que “o presidente” lhe alertou sobre a possibilidade de uma operação de busca e apreensão.

A informação foi noticiada pela GloboNews na tarde desta sexta-feira (24/6). O caso seguirá para o Supremo Tribunal Federal (STF).

palavrapb

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

três × 2 =