Bloco Principal 4Esportes

Coleção de falhas sacrifica futuro do Botafogo-PB

Eliminado nas copas do Nordeste, do Brasil e Campeonato Paraibano, clube tem cerca de um mês para tentar salvar a temporada na Série C.

A goleada histórica de 5 a 1 sofrida para o Sousa na semifinal Campeonato Paraibano traz à luz o que o Botafogo-PB tentou jogar para debaixo do gramado do Almeidão nesses quase três meses de temporada em 2023: as falhas generalizadas.

De um processo eleitoral conturbado, escolha de treinadores com perfis questionáveis, à agressão dos dirigentes a profissionais de imprensa. Somado a essas questões, três eliminações consecutivas (Copa do Nordeste, Copa do Brasil e Campeonato Paraibano) e uma desastrosa manutenção do auxiliar técnico em decisões. Os problemas parecem intermináveis e o futuro incerto.

A Série C do Campeonato Brasileiro tem início em pouco mais de um mês. É a única chance de salvar a temporada. Mas, como levar uma boa impressão ao torcedor se há contratações sem o novo técnico ser anunciado? A saída de Francisco Diá completa um mês na próxima semana e o clube segue se movimentando internamente à baila dos holofotes.

Nenhum discurso hoje é capaz de apagar as manchas registradas neste trabalho – principalmente quando parte do princípio da autoconfiança. Um Botafogo-PB mais forte, como o torcedor se acostumou nos últimos anos, se fará com o inverso de tudo aquilo apresentado até então: transparência.

2024 comprometido

A ausência na final do Campeonato Paraibano automaticamente tirou o clube da Copa do Brasil do próximo ano e antecipa a disputa da Copa do Nordeste à fase das eliminatórias. Além disso, um rebaixamento à Série D – que deve ser evitado – implica na redução de receitas, além de desvalorização da marca.

Portal T5

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo