O jornalista Alexandre Garcia foi demitido, nesta sexta-feira (24), da CNN Brasil, onde atuava como comentarista política. A decisão da empresa ocorreu depois que ele fez uma defesa de medicamentos considerados ineficazes no tratamento da doença.

Por meio de nota, a CNN explicou que “A decisão foi tomada após o comentarista reiterar a defesa do tratamento precoce contra a Covid-19 com o uso de medicamentos sem eficácia comprovada”.

Ainda segundo a CNN, “o quadro “Liberdade de Opinião”, que era ancorado por Alexandre, continuará na programação da emissora, dentro do jornal “Novo Dia””.

A CNN Brasil reforçou “seu compromisso com os fatos e a pluralidade de opiniões, pilares da democracia e do bom jornalismo”.

Apesar de já ter se posicionado durante a programação, ao alertar que não havia medicamentos eficazes contra a Covid-19, durante todo o dia a emissora foi “cobrada” por internautas, que pediram a demissão do jornalista.

Até o fechamento desta notícia, Garcia ainda não havia se pronunciado sobre a demissão.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

5 × 4 =