Agência Europeia de Medicamentos (EMA), associou o uso da cloroquina e hidroxicloroquina em pacientes com covid-19, a casos de disturbios psiquiátricos e comportamento suicida.

De acordo com a entidade, foi iniciada uma revisão dos medicamentos após haver uma notificação da autoridade farmacêutica espanhola, AEMPS, de seis casos de distúrbios mentais em pacientes com coronavírus que receberam doses superiores às autorizadas.

Em nota, a EMA afirma que a revisão confirmou que distúrbios psiquiátricos ocorreram e às vezes podem ser graves, tanto em pacientes com histórico de transtornos mentais quanto nos demais. O comitê de segurança da entidade recomendou que as bulas dos medicamentos sejam atualizadas para informar os profissionais de saúde desses riscos.

No Brasil, o presidente Jair Bolsonaro recomendou o uso de ambos os fármacos no tratamento da covid-19.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

dezessete + 16 =