O prefeito Cícero Lucena visitou, na manhã deste sábado (18), na Lavanderia Comunitária Padre Hildon Bandeira, localizada na comunidade de mesmo nome, em João Pessoa. O gestor participou de um café da manhã em comemoração ao Dia da Lavadeira, comemorado em 20 de setembro. Na ocasião, ele garantiu ações para melhoria da infraestrutura de trabalho das profissionais.

“Vamos nos esforçar para melhorar as condições de trabalho, colocar mais equipamentos, proporcionar treinamento e qualificação e abrir o mercado de trabalho para que isso vire uma boa fonte de renda para as famílias. Fico feliz que no Dia da Lavadeira eu possa tomar café com elas, presentear e esse é o papel da Prefeitura”, declarou o prefeito Cícero Lucena.

A Lavanderia Comunitária atende hoje 40 lavadeiras. Elas contam com os equipamentos e a estrutura do espaço para lavar roupa para seus clientes, garantindo o sustento com maior margem de lucro. Além disso, as portas são abertas uma vez por semana para que a população da comunidade lave suas próprias peças.

A unidade, no entanto, está com duas máquinas de lavar industriais fora de funcionamento. “Estas máquinas estão paradas há mais de dois anos, nunca funcionaram efetivamente. Já providenciamos os equipamentos necessários para que elas funcionem, o que deve acontecer em cerca de 45 dias. Além disso, assinamos contrato para a compra de seis novas máquinas para oferecer melhores condições de trabalho”, explicou o secretário municipal do Desenvolvimento Social, Felipe Leitão. Ele ainda destacou reparos físicos que estão sendo feitos para melhorar a infraestrutura do prédio.

Além do café da manhã especial, as lavadeiras foram presenteadas com uma peça produzida pelas estudantes do Polo de Costura e cestas básicas.

Maria Salomé, de 61 anos, agradeceu pela ação e falou sobre a importância do equipamento. “Este espaço é muito importante para a comunidade e nos ajuda bastante. É bom saber que vão melhorar pois vai fazer a diferença para muita gente”, afirmou.

Economia Solidária

As lavanderias comunitárias fazem parte da política de economia solidária da Sedes. O setor inclui ainda projetos como a marcenaria escola, o polo de costura, o centro de capacitação Crispman e feirinhas de artesanato.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

dois × cinco =