Protetores que atuam de forma independente no cuidado a animais de rua estão recebendo um apoio importante da Prefeitura de João Pessoa. Isso acontece com o programa Banco de Ração, que distribuiu duas toneladas do alimento para 150 protetores. A entrega foi iniciada na tarde desta quinta-feira (22), em evento realizado na Praça da Paz, nos Bancários.

“Estamos cuidando dos animais com responsabilidade. Os protetores independentes, que cuidam com carinho e dedicação, que muitas vezes custeiam esse cuidado com o dinheiro tirado da própria renda, estão recebendo apoio”, destacou o prefeito. Ele citou outras ações voltadas aos animais que serão realizadas em breve, como o projeto castra-móvel e a construção de dois hospitais veterinários.

O acesso ao programa acontece por meio de edital para cadastramento. No primeiro deles, 150 protetores foram identificados. “Fizemos visita técnica, de casa em casa, realizando a triagem e classificando os protetores de cães, gatos, a quantidade e o ambiente de criação”, explicou o secretário municipal do Meio Ambiente (Semam), Welison Silveira.

Cada protetor recebeu um saco de 14 kg de ração. Um próximo edital deve sair em dezembro para entrega no mês de janeiro, ampliando o número de beneficiados. A publicação de novos editais deve acontecer a cada seis meses. De acordo com Silveira, a compra da ração é feita com recursos do Fundo Municipal do Meio Ambiente.

Jaqueline Figueiredo, moradora do Geisel, foi um dos protetores beneficiados. Ela cuida de 97 gatos e diz que o programa chega em boa hora. “A gente adotou uma gatinha e os vizinhos começaram a jogar mais animais por cima do muro e resolvemos criar. Estou afastada do meu trabalho por sequelas da Covid -19 e só consigo criar porque peço ajuda nas redes sociais. Essa ação é de grande ajuda”, atestou.

 

Fotos: Sérgio Lucena

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

13 + onze =