Compartilhe e nos ajude a continuar com o projeto

Na manhã desta quarta-feira (25), o prefeito Cícero Lucena (PP) liberou emendas cidadãs orientadas por vereadores para as Organizações Não-Governamentais (ONGs) Balaio Nordeste, do Varadouro, e Artyoga, do Roger. Serão beneficiados projetos que valorizam a arte, cultura e a qualificação profissional nas comunidades de João Pessoa.

O Balaio Nordeste vai receber R$ 148 mil orientados pelo vereador Marcos Henriques. Já a Artyoga recebe R$ 50 mil, emenda do vereador e líder da bancada de situação na Câmara, Bruno Farias. Juntas, elas somam quase R$ 200 mil em recursos liberados para o apoio ao trabalho desenvolvido pelas organizações.

“A Artyoga faz um trabalho revolucionário. É uma joia rara e esse suporte é uma conquista da cidade, somos gratos à sensibilidade do prefeito, que compreende a importância da liberação desses recursos”, destacou o vereador Bruno Farias.

Recursos são destinados a projetos que valorizam a arte, cultura e a qualificação profissional nas comunidades – Foto: Secom-JP

A Associação de Teatro, Artes e Yoga (Artyoga) oferece oficinas de inglês, informática, fotografia, empreendedorismo, violão e teatro para adolescentes. Além disso, existe o ateliê de costura e o curso de gastronomia para mulheres, para onde serão destinados os recursos da emenda.

“Resolvemos fazer um ciclo virtuoso de formação e esse valor vai garantir ajuda de custo para as educadoras e material”, explicou a diretora geral Rafaela Amaro. Só o curso de gastronomia beneficia a 40 mulheres por semestre. Ao todo a ONG atende cerca de 230 pessoas semanalmente.

Foto: Secom-JP

A Associação Cultural Balaio Nordeste (ACBN), por sua vez, tem como objetivo preservar e fomentar a produção cultural e artística brasileira, especialmente a nordestina, dando visibilidade aos artistas e aos conteúdos artísticos locais. Além disso, a ONG contribui com a formação dos associados e do público em geral, especialmente, o infanto-juvenil, por meio de cursos, ações, atividades e a promoção e organização de eventos culturais.

O diretor executivo da Fundação Cultural de João Pessoa, Marcos Alves, destacou a importância da instituição. “Este é um recurso ligado à Funjope e o Balaio é uma associação que prezamos muito por conta do trabalho educativo e defesa cultural que faz do forró de raiz. Temos trabalhado muito juntos”, declarou.

“É muito gratificante encontrar pessoas com a mesma vontade e capacidade de ação para ajudar as pessoas. Ficamos muito felizes e, com certeza, vamos fazer mais parcerias para garantir que este trabalho seja ampliado. É bom ver que os vereadores possuem o interesse de orientar emendas para projetos como este e seremos sempre parceiros dessas organizações na missão de educar, cuidar e profissionalizar”, afirmou Cícero Lucena.

Compartilhe e nos ajude a continuar com o projeto

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

11 + dez =