Compartilhe e nos ajude a continuar com o projeto

O aposentado Cícero Gomes, de 68 anos, morador da cidade de Massaranduba, já não conseguia enxergar bem quando recebeu o diagnóstico de catarata. A solução era uma cirurgia. E, na manhã deste sábado (30), ele conseguiu realizar o procedimento. O paciente é um dos contemplados do mutirão de cirurgias oftalmológicas do programa Opera Paraíba, que está acontecendo até a próxima terça-feira (02).

“Eu enxergava tudo embaçado e o médico disse que o único jeito era eu fazer a cirurgia. Graças a Deus, fiz e já estou indo pra casa”, disse o aposentado.

Durante os quatro dias, o mutirão vai beneficiar 250 paraibanos que aguardavam na fila pelo procedimento. O funcionário público Severino Santos, de 51 anos, do município de Guarabira, também é um deles. Prestes a entrar no centro cirúrgico, ele fez questão de agradecer pela oportunidade.

“Eu gostaria de agradecer ao governador pelo empenho, por essa caravana de cirurgias e à equipe de profissionais do Hospital de Clínicas, que me atendeu muito bem”, disse.

De acordo com o diretor geral do Hospital de Clínicas, o médico Jhony Bezerra, a proposta é ampliar a quantidade de procedimentos na unidade a partir de novembro. “Estamos realizando até terça-feira, esse mutirão de cirurgias de catarata, beneficiando 250 paraibanos, e queremos chegar a 900 cirurgias eletivas por mês, entre outras especialidades. O importante é diminuir a fila de espera no estado”, explicou.

Após a retomada do programa, em agosto, mais de 2.800 cirurgias de catarata já foram realizadas no estado pelo Opera Paraíba.

Compartilhe e nos ajude a continuar com o projeto

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

dezessete − 6 =