Elves Melo, do MDB, vereador e candidato a vice-prefeito na cidade de Aroeiras, no Agreste paraibano foi preso na madrugada desta sexta-feira (13), por porte ilegal de arma de fogo. O Major Figueirêdo, da 3ª Companhia Integrada de Polícia Militar, informou que uma guarnição da PM realizava rondas nas imediações do Sítio Trapiá, em Aroeiras, e realizou uma abordagem a alguns homens que bebiam num bar do local.

De acordo com a corporação, nada de ilícito foi encontrado a princípio, entretanto, após realizar uma busca mais minuciosa na área, foi encontrado uma pistola calibre 9mm com carregador e 17 munições, além de uma espingarda de fabricação caseira.

Ao indagar a quem pertenceria os armamentos, o candidato assumiu a propriedade, sendo, portanto, preso e conduzido até a Delegacia de Polícia Civil da cidade de Queimadas para a adoção das medidas cabíveis.

O delegado seccional do município, Ilamilto Simplício, informou que Elves foi liberado do local após pagamento de fiança.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

12 − 12 =