O Instituto Butantan retomou a produção e iniciou o envase das mais de 5 milhões de doses CoronaVac na noite desta terça-feira (20). Ele é responsável pela etapa final de produção da vacina, que consiste no envase, rotulagem e testes de qualidade.

As novas doses estão sendo produzidas a partir dos mais de 3 mil litros do Insumo Farmacêutico Ativo (IFA) vindo da China e que chegaram ao Brasil na última segunda (19), após cerca de 20 dias de atraso no envio da matéria-prima.

O lote do IFA deveria ter chegado até o final de março. Com o atraso, o Butantan vai completar a entrega das 46 milhões de doses de Coronavac ao Ministério da Saúde até 10 de maio.

Inicialmente, o Butantan receberia 6 mil litros do IFA em um único lote, mas o envio da matéria-prima foi dividido. Os outros 3 mil litros do insumo para a CoronaVac devem chegar antes do fim de abril, mas ainda não tem data definida, segundo o instituto.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

quatro × 4 =