O ano da pandemia viu disparar a pobreza e a desigualdade no Brasil – assim como em boa parte do mundo. Para os muito ricos, no entanto, a crise passou ao largo. A lista de bilionários da Forbes mostrou que o número de bilionários ‘explodiu’ e chegou a 2.755 – 660 a mais que um ano atrás. Entre os ‘novatos’, há 11 residentes no Brasil.

Os mais ricos entre os estreantes são os irmãos Safra – os quatro filhos de Joseph Safra, dono do Banco Safra falecido em dezembro, e até então o homem mais rico do país: Jacob, David, Alberto e Esther, com uma fortuna combinada estimada em US$ 7,1 bilhões, ocupando a 358º posição no ranking dos maiores bilionários.

O segundo entre os brasileiros estreantes é David Velez, do Nubank, com US$ 5,2 bilhões e 539º no ranking geral. Velez, no entanto, é nascido na Colômbia. O terceiro, Guilherme Benchimol, da XP, aparece em 1205º na lista geral, com estimados US$ 2,6 bilhões.

Veja a lista completa dos brasileiros estreantes na lista de bilionários da Forbes:

1) Irmãos Safra

  • Posição no ranking geral: 358ª
  • Fortuna estimada: US$ 7,1 bilhões
  • Setor: bancário (banco Safra)

 

2) David Velez

  • Posição no ranking geral: 539ª
  • Fortuna estimada: US$ 5,2 bilhões
  • Setor: fintech (Nubank)

 

3) Guilherme Benchimol

  • Posição no ranking geral: 1.205ª
  • Fortuna estimada: US$ 2,6 bilhões
  • Setor: financeiro (XP)

 

4) André Street

  • Posição no ranking geral: 1.249ª
  • Fortuna estimada: US$ 2,5 bilhões
  • Setor: fintech (Stone)

 

5) Eduardo de Pontes

  • Posição no ranking geral: 1.299ª
  • Fortuna estimada: US$ 2,4 bilhões
  • Setor: processamento de pagamentos (Stone)

 

6) Fabricio Garcia

  • Posição no ranking geral: 1.517ª
  • Fortuna estimada: US$ 2,1 bilhões
  • Setor: varejo (Magazine Luiza)

 

7) Flavia Bittar Garcia Faleiros

  • Posição no ranking geral: 1.517ª
  • Fortuna estimada: US$ 2,1 bilhões
  • Setor: varejo (Magazine Luiza)

 

8) Fernando Trajano

  • Posição no ranking geral: 2.035ª
  • Fortuna estimada: US$ 1,5 bilhão
  • Setor: varejo (Magazine Luiza)

 

9) Ilson Mateus

  • Posição no ranking geral: 2.141ª
  • Fortuna estimada: US$ 1,4 bilhão
  • Setor: supermercado (Grupo Mateus)

 

10) Anne Werninghaus

  • Posição no ranking geral: 2.524ª
  • Fortuna estimada: US$ 1,1 bilhão
  • Setor: indústria de máquinas (WEG)

 

11) Maria Pinheiro

  • Posição no ranking geral: 2.674ª
  • Fortuna estimada: US$ a bilhão
  • Setor: supermercado (Grupo Mateus)

 

Brasileiros no topo da lista

 

Ao todo, são 57 residentes no Brasil na lista de bilionários da Forbes. Marcel Herrmann Telles, um dos donos da Ambev, encabeça o ranking, com uma fortuna estimada em US$ 11,5 bilhões, o que o coloca em 191º no ranking geral – e 39 posições acima do lugar que ocupava em 2020.

Como a lista da Forbes destaca o país de residência, ficaram de fora entre os brasileiros Jorge Paulo Lemann (114º) e Eduardo Saverin (140º), entre outros.

Veja a lista dos cinco mais ricos do Brasil:

  1. Marcel Herrmann Telles, da Ambev, na 191ª posição, com US$ 11,5 bilhões
  2. Jorge Moll Filho, da rede de hospitais D’Or, na 194ª posição, com US$ 11,3 bilhões
  3. Irmãos Safra, herdeiros do Banco Safra, na 358ª posição, com US$ 7,1 bilhões
  4. Dulce Pugliese de Godoy Bueno, fundadora da Amil, na 451ª posição, com US$ 6 bilhões
  5. Alceu Elias Feldmann, fundador da Fertipar, na 520ª posição, com US$ 5,4 bilhões

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

4 × 2 =