Em tempos em que casos de racismo e injúria racial, infelizmente, insistem em se perpetuar na sociedade, se posicionar contra essas máculas é imprescindível. Foi isso que o Botafogo-PB fez na sexta-feira, poucos dias antes da partida contra o Remo, pela rodada #16 da Série C do Campeonato Brasileiro, quando divulgou o seu terceiro uniforme para a temporada. Tendo o preto como cor predominante, a camisa é uma mensagem clara contra um problema que precisa ser combatido.

De acordo com dados do Observatório da Discriminação Racial no Futebolapenas nos primeiros seis meses de 2022 foram 57 denúncias de casos de injúria racial no futebol. Um desses casos aconteceu envolvendo o próprio Botafogo-PB, quando no último mês de maio, no primeiro jogo da final do Campeonato Paraibano, um torcedor do Belo foi flagrado por câmeras cometendo um suposto ato de injúria racial contra um membro da comissão técnica do Campinense.

Mesmo com o autor do ato fazendo parte da massa botafoguense, o Alvinegro da Estrela Vermelha não se omitiu e, além de se posicionar completamente contrário à ação do homem, prestou boletim de ocorrência denunciando o fato. Além disso, após a identificação do suspeito, a diretoria do clube de pronto o retirou do quadro de sócios do clube.

O estatuto do Belo prevê que o seu terceiro uniforme seja majoritariamente preto, logo, nada melhor que usá-lo para transmitir uma mensagem. Na camisa, que já está sendo comercializada nas lojas do Botafogo-PB em João Pessoa, há detalhes em cinza e também patches com a mensagem “Não ao Racismo”. Há a expectativa que o time utilize o novo uniforme já na partida deste domingo, contra o Remo, no Almeidão.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

cinco × 3 =