Apesar do relacionamento conturbado e das agressões sofridas por DJ Ivis, Pamella Holanda revelou que não pretende afastar a filha do pai, em uma entrevista cedida à rádio Jovem Pan.

“A minha história com o pai da minha filha acabou. Eu vivi uma história com ele, eu engravidei, vivemos juntos, fomos casados. Óbvio que tivemos momentos bons e tudo mais, mas acabou. Agora, a história dele com a filha dele, ele vai ter que ou construir ou reconstruir (…) Eu quero muito, de verdade, que ele tenha uma boa relação com a Mel. Que a Mel se sinta amada, acolhida, protegida pelo pai”, afirmou a influenciadora.

Ela contou que torce para que a relação entre eles seja saudável, acreditando que isso pode ajudar o ex.

“Eu quero muito, de verdade. Porque eu acredito que isso também vai ajudar ele. Eu acho que não é porque uma pessoa não recebeu amor que ela obrigatoriamente não sabe dar amor”, disse.

O bate-papo vai ao ar neste sábado (14/08) e contém a revelação de que Holanda perdoou o DJ:

“O perdão não é sobre ele, o perdão é sobre mim. E eu me perdoo também, por eu ter me colocado nessa situação e por ter me permitido viver tanto tempo assim”. Ela conta que foi pensando na filha, Mel, que resolveu expor as agressões e terminar o relacionamento.

“Se eu continuasse com ele, eu estaria criando mais uma pessoa doente para a sociedade. Mais uma mulher insegura, cheia de ansiedade, com traumas, com dificuldade de se relacionar não só com homens mas comigo também, com a própria mãe. Então que espécie de mãe é essa?”, diz Pamella.

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

quinze + 12 =