Após ser alvo de duras críticas de políticos como Rodrigo Maia, Renan Calheiros e Telmário Mota, e também de ex-chanceleres, como Celso Amorim, Rubens Ricupero e Aloysio Nunes, por ceder parte do território brasileiro, em Roraima, para um ato hostil do governo dos Estados Unidos contra a Venezuela, Jair Bolsonaro defendeu sua política externa de total submissão aos interesses econômicos e geopolíticos dos Estados Unidos nesta manhã. Confira:

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

dez − 6 =