Na manhã deste domingo (23) o presidente da República Jair Bolsonaro participou, sem máscara, de um ato convocado por ele próprio em apoio ao Governo Federal. O ato aconteceu nas proximidades do Parque Aquático Maria Lenk, na Zona Oeste do Rio de Janeiro.

A convocação feita por Bolsonaro nas redes sociais fez com que caravanas de apoiadores se deslocassem de moto para a capital fluminense, aumentando assim o risco de propagação do coronavírus.

No início do passeio de moto, que fez com que a Polícia Militar mobilizasse mais de um mil PMs em um trajeto de 40 quilômetros, Bolsonaro abraçou apoiadores e contou com a presença de bajuladores contumazes, como o ator Paulo Cintura.

Ao contrário do que havia sido previsto pela prefeitura do Rio, eles resolveram ocupar toda a pista lateral da avenida Embaixador Abelardo Bueno —um dos principais corredores da região da Barra da Tijuca. Segundo o planejamento da prefeitura, eles deveriam se concentrar em um bolsão dentro do Parque Olímpico.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

treze + dez =