Compartilhe e nos ajude a continuar com o projeto

O movimento é considerado pela ala governista como resposta do chefe do Executivo contra o último aumento anunciado pela empresa e que passou a valer hoje (18).

Bolsonaro defendeu na véspera a instalação de uma Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) para investigar o conselho da estatal petrolífera, após chamar de “traição” com o povo o mais recente aumento no preço dos combustíveis anunciado pela empresa no mesmo dia.

Ações caem após novo aumento
Ontem, as ações da Petrobras desabaram mais de 6%, resultando em perda de valor de mercado de 27,3 bilhões de reais. O anúncio de mais um reajuste nos preços dos combustíveis ampliou preocupações de maior pressão política sobre a estatal.

“Na última sexta-feira, infelizmente, com o anúncio do aumento dos combustíveis… a Petrobras perdeu no seu valor (de mercado) 30 bilhões de reais. Acredito que na segunda-feira, com a CPI, vai perder outros 30”, disse Bolsonaro em discurso durante evento religioso em Manaus.

“Conversei ontem com o líder do governo e com o presidente da Câmara para a gente abrir uma CPI na segunda-feira. Vamos para dentro da Petrobras. É inadmissível, com uma crise mundial, a Petrobras se gabar dos lucros que tem”, afirmou.

O alto preço dos combustíveis tem sido um complicador para a campanha à reeleição de Bolsonaro, segundo uma fonte da sua campanha informal. No mais recente reajuste, a Petrobras anunciou elevações de 5,18% para a gasolina e de 14,26% para o diesel, valendo a partir deste sábado.

Fonte: Da Redação

Compartilhe e nos ajude a continuar com o projeto

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

3 + 10 =