A Polícia Militar de Mamanguape, informada por meio do Ciop da ocorrência de um andamento de roubo à uma residência no conjunto 1º de Maio, em Esperança, no Agreste paraibano. As equipes da 2ª Companhia Especializada em Policiamento com Motocicletas e do 15° Batalhão de Polícia Militar, fizeram o isolamento da área e iniciou as negociações.

De acordo com os agentes, após o isolamento houve contato visual com os acusados e as vítimas, dando início então ao diálogo e negociações, no transcorrer do gerenciamento da crise foram identificados que dois indivíduos faziam os moradores da casa de reféns, e um deles apontava uma Arma de Fogo em direção a cabeça do proprietário da residência.

Os suspeitos exigiram a presença de um advogado e imprensa no local para garantir a integridade física deles e dar prosseguimento à liberação dos reféns.

Após cerca de uma hora de negociações e com a chegada do advogado, os acusados entregaram a arma de fogo e prosseguiram com a liberação dos reféns, rendendo-se logo após. Com os suspeitos foram apreendidos um revólver calibre 32 com seis munições intactas, dois aparelhos celulares e R$ 300 em espécia, pertencente à vítima.

Um dos suspeitos já havia sido apreendido quando menor de idade e mora na cidade de Esperança. O outro reside em Campina Grande e cumpria pena no presídio do Serrotão, mas atualmente estava em liberdade.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

nove − quatro =