Em fala na Base de Alcântara, no Maranhão, onde cumpre uma agenda na tarde desta quinta-feira, 11, o presidente Jair Bolsonaro afirmou que o auxílio emergencial voltará a ser pago em março, em três ou quatro parcelas.

O Maranhão é o estado que mais recebeu o benefício. “Não sabemos o valor. Quase com toda a certeza, a partir de março, em três a quatro meses.

Isso está sendo acertado entre o Executivo e o Parlamento, porque há a questão da responsabilidade fiscal”, afirmou. O valor sugerido pela equipe econômica é de 200 reais, contudo, congressistas querem que o valor seja maior.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

5 × 1 =