Ao mesmo tempo em que a Secretaria de Saúde do Estado anunciou que já está trabalhando para reativar leitos destinados a Covid em todas regiões da Paraíba, mediante o novo aumento dos casos da doença, o Complexo Hospitalar Regional Deputado Janduhy Carneiro de Patos (CHRDJC) já se adiantou e reativou, essa semana, duas enfermarias de isolamento, uma masculina e uma feminina, com 12 leitos, sendo sete masculinos e seis femininos.

O diretor técnico do hospital, Dr. Pedro Augusto, explica que apesar o aumento de casos confirmados da doença em nível ambulatorial, na unidade não há ainda uma demanda muito grande para casos graves e de internação. “Dos nossos 12 leitos, por exemplo, apenas quatro estavam ocupados nesta quinta- feira e o máximo que a gente teve de ocupação nos últimos dias foram oito leitos”, afirma o médico.

Ainda segundo ele, a maioria dos pacientes admitidos no setor Covid é de pessoas que chegam ao hospital por outras demandas, a exemplo de acidentes, e que por causa da obrigatoriedade da realização da testagem para Covid, que passou a ser protocolo da unidade, esses pacientes positivam e precisam ser isolados. “Pacientes com sintomas Covid que foram internados por causa do agravamento da doença foram muito poucos, o que comprova a eficácia da vacina na redução das internações hospitalares”, reitera Dr. Pedro.

Além de Patos, os hospitais de Pombal, Cajazeiras, Piancó, e Campina Grande estão reativando leitos que haviam sido destinados a internações de outras doenças. A informação foi confirmada nesta quinta-feira (07), ao programa F5online, da Rádio Pop FM, pela secretária de Saúde da Paraíba, Renata Nóbrega. Ela disse que a SES está monitorando o crescimento dos casos com internações. “Em maio verificamos um aumento leve, em junho tivemos 170 internações e agora em julho poderemos ter o dobro dessas internações”, revelou a secretária, lembrando que está programado uma vacinação em massa nos dias 30 de julho, dia 27 de agosto e 24 de setembro. “Vamos atualizar a vacinação de Covid e de todas previstas no calendário que está em um nível muito baixo”, destacou ela.

 

 

Click PB

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

4 × 1 =