Ao menos 39 pessoas morreram na madrugada desta segunda-feira (31), em um ataque a duas aldeias no nordeste da República Democrática do Congo, perto da fronteira com Uganda.

“Pelo menos 20 civis foram assassinados na aldeia Boga e pelo menos 19 na aldeia Tchabi na noite de ontem [domingo] para hoje”, anunciou o Barômetro de Segurança de Kivu (KST).

Em Boga, dois funcionários locais ouvidos pela agência de notícias France Presse relataram 36 mortes, mas o número não foi confirmado por fontes independentes.

Os agressores atacaram um local de deslocados internos em Rubingo, perto do centro de Boga, os e o número de corpos ainda estavam sendo contados, segundo essas fontes.

Um líder da sociedade civil local atribuiu os assassinatos aos rebeldes das Forças Democráticas Aliadas (ADF), um dos grupos armados que atuam na região.

Boga e Tchabi ficam no território de Irumu, na província de Ituri, a mais de 3 mil km da capital Kinshasa. A área sofre há quase 25 anos com violência e rivalidades entre grupos étnicos locais.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

19 + dezesseis =