Fãs, artistas e admiradores de Augusto César prestaram homenagens, nesta quarta (21), ao se despedir do cantor. Ele morreu com insuficiência renal, agravada pela Covid-19, na noite da terça (20) (veja vídeo acima). O prefeito Yves Ribeiro (MDB) decretou luto de três dias em Paulista, cidade do Grande Recife em que o artista nasceu.

O sepultamento de Augusto César aconteceu na tarde desta quarta, no Cemitério Morada da Paz, em Paulista. Devido à pandemia, a direção pediu que os fãs não compareçam à cerimônia.

O cantor Adilson Ramos, com quem Augusto compartilhou os palcos por várias vezes, disse não ter palavras para expressar o quão triste ficou pela notícia da morte de Augusto César.

Eliel Barbosa, vocalista da Banda Labaredas, também era bastante ligado à carreira e à vida de Augusto César.

“Fui buscar ele em Paulista, para fazer um show num local chamado 21 de Abril, em Peixinhos [Olinda], e depois ele estourou com ‘Escalada’, ‘Como Posso te Esquecer’ e tantas outras. Aí, Deus, agora, o levou. Eu quero aqui dizer que estou muito emocionado, mas vai com Deus, Augusto. Muita força para sua família”, afirmou Eliel Barbosa.

A cantora Michelle Melo publicou, nas redes sociais, uma foto do cantor, com uma mensagem. “Inacreditável. Eu nem tenho palavras para descrever. Mais uma pessoa incrível que perdemos pra esse vírus maldito! Vai com Deus, amigo. Sua música, sua alegria, estarão para sempre em nosso coração. LUTO”, escreveu.

Da mesma forma, Eduarda Alves, com quem Augusto César também costumava cantar, publicou uma foto junto com o artista.

“Vai com Deus, amigo. Cantor admirável e respeitado por todos nós pernambucanos e brasileiros. Tínhamos planos de gravarmos juntos e esse maldito vírus interrompeu. Deus sabe de tudo. Suas canções sempre serão lembradas junto a sua personalidade, humildade, simpatia e respeito”, disse a artista.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

quatro − três =