A Arquidiocese da Paraíba suspendeu por mais 15 dias as celebrações com a presença de fiéis no território de sua jurisdição eclesiástica. No entanto, as transmissões via redes sociais serão mantidas, assim como aconteceu no início da pandemia, em março de 2020.

A decisão do arcebispo Dom Delson, em consonância com o Conselho Presbiteral, leva em conta o aumento perigoso do número de casos de Covid-19 na Paraíba e a ocupação grande dos leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) no estado.

O novo decreto terá validade a partir do dia 10 de março, data em que se encerra o decreto estadual de suspensão de celebrações religiosas presenciais. O primeiro decreto teve início dia 23 de fevereiro. Com a renovação, deverá se estender até o dia 24 de março.

A Paraíba e o Brasil vivem o pior momento da pandemia. No estado, segundo boletim dessa quinta-feira (5), são 226.536 casos confirmados de contaminação pelo novo coronavírus. O número de mortes confirmadas pela doença alcançou a triste marca de 4.632.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

6 − cinco =