A Polícia Federal cumpre 34 mandados de busca e apreensão na Paraíba, Bahia, Paraná, Mato Grosso do Sul, bem como no Distrito Federal, além de 18 mandados de prisão na Paraíba, Bahia, Pernambuco e no Distrito Federal dentro da operação Aratu, deflagrada na manhã desta quarta-feira (09). A Operação tem o objetivo reprimir a ação de quadrilhas voltadas para o tráfico de drogas com atuação em vários estados da federação.

De acordo com a PF, os grupos vêm sendo investigados há dois anos já foram apreendidos diversos carregamentos de drogas e armas de fogo de grosso calibre nesse período. Além disso, informações ajudaram na elucidação de crimes como homicídio e sequestro.

Nesta fase da investigação participam 200 policiais federais. Os investigados foram indiciados pelos crimes de tráfico de drogas, associação para o tráfico de drogas e posse ou porte de arma de fogo de uso restrito.

Os investigados foram indiciados pelos crimes de tráfico de drogas, associação para o tráfico de drogas e posse ou porte de arma de fogo de uso restrito.

Será concedida uma entrevista coletiva às 11h na Delegacia da Polícia Federal em Campina Grande.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

sete − 3 =