No último domingo (16), durante um sermão na missa, o padre Luiz, da Paróquia de Santo Onofre, no município de Junco do Seridó, se queixou de que a igreja foi a última a poder abrir na cidade. ”Até cabaré já estava aberto”, disse.

Após a queixa, na noite desta quarta-feira (19), a Polícia Militar fechou um bar que funciona como uma espécie de cabaré. O “Bar das Coleguinhas” fica localizado às margens da BR-230 e ficou conhecido após o sermão do padre.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

1 × cinco =