Pelo menos quatro cidades da região metropolitana de João Pessoa, incluindo a capital, estão sem vacinas da Coronavac para aplicar a segunda dose do imunizante, nesta sexta-feira (07). O secretário executivo de Saúde da Paraíba, Daniel Beltrammi, afirmou existe a previsão de chegada de mais 16.9 mil doses, mas destacou a dificuldade que o Butantan tem enfrentado. “Foi emitido um comunicado nacional da dificuldade de receber o Insumo Farmacêutico Ativo (IFA), da China. Esperamos que isso possa ser revertido e trazer as doses, não só para a segunda dose, mas para aumentar a primeira”, disse, em entrevista nesta sexta-feira (07), a uma emissora de TV, em João Pessoa.

João Pessoa, Cabedelo, Santa Rita e Bayeux informaram que estão sem vacinas da Coronavac para aplicar a segunda dose. Em João Pessoa, a vacinação acontece nesta sexta-feira (07) apenas com doses da AstraZeneca e Pfizer.

A prefeitura da Capital informou que a previsão é que novos lotes cheguem na próxima segunda-feira (10). Em Bayeux, cerca de 2,9 mil pessoas precisam da segunda dose. Já em Santa Rita, a vacinação da Coronavac está suspensa desde a terça-feira (04) e cerca de 700 pessoas aguardam a imunização. Cabedelo não informou quantas pessoas aguardam a aplicação da segunda dose.

De acordo com a prefeitura de João Pessoa, a previsão é que os novos lotes de vacinas da Coronavac cheguem na próxima segunda-feira (10).

Em nota, o Ministério da Saúde informou que vai distribuir um milhão de doses de Coronavac, exclusivas para a segunda dose, para os estados a partir desta sexta-feira (07).

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

dezessete + catorze =