Um homem de 42 anos foi preso em flagrante suspeito de estuprar uma criança de dois anos, em Mangabeira, João Pessoa, nesse sábado (21). A mãe da criança saiu de casa por alguns momentos para ir até a padaria, com a outra filha, e sete anos, e deixou o bebê de dois anos aos cuidados do homem que era um amigo da família.

De acordo com a mãe, ela deixou a porta destrancada, mas ao voltar encontrou o lugar fechado. A mãe conta que bateu na porta e o homem, ao abrir, ficou nervoso. O menino de dois anos também estava chorando muito.

Ao dar banho, ela notou que a criança estava machucada e a levou ao médico. A equipe constatou que havia ferimentos na região genital da criança, o que caracteriza o estupro. Então, a mãe procurou a polícia civil.

O que chama atenção é que o homem já tinha outras suspeitas de estupro na localidade, mas por ser amigo da família, a mãe ignorou e acreditou tratarem-se apenas de boatos. Ela também afirmou que não imaginava que o homem iria fazer algo contra o menino, pois, caso fossem verdade as informações sobre pedofilia, ele se “interessaria” apenas por crianças do sexo feminino, e não masculino.

A Polícia informou que o homem teria tentado estuprar outras crianças. Ele foi autuado em flagrante e encaminhado para a delegacia de Polícia Civil, em João Pessoa, e está à disposição da Justiça.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

um × quatro =