Compartilhe e nos ajude a continuar com o projeto

A ocupação de leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) para tratamento da Covid-19, na Região do Sertão paraibano, tem aumentado nos últimos dias. Somente no boletim divulgado na quinta-feira (04), a quantidade atingiu o percentual de 44%. Além da redução do número de leitos, a população também está contribuindo para o aumento de casos como o “abandono” do uso das máscaras no município de Cajazeiras, que registra mais casos.

Em conversa com o ClickPB, o secretário de Estado da Saúde, Geraldo Medeiros, apontou alguns fatores para o aumento de casos em Cajazeiras. “Diminuição de leitos, com remanejamento para doenças não Covid, e aumento do número de casos novos diários em decorrência da taxa de transmissão que chegou a atingir 1.46”, pontuou, destacando que 100 pessoas contaminadas com o vírus, contamina outras 146 ao se referir a taxa de transmissão.

Ainda de acordo com o secretário, outros motivos que estão fazendo crescer a quantidade de casos na cidade é que a maioria tem deixado de usar um dos itens essenciais para a prevenção da doença – a máscara. Além disso, pontuou ainda às aglomerações durante os fins de semana em festas, em bares, restaurantes e em espaços públicos.

Sobre a vacinação, Medeiros frisou que tem sido uniforme em todo o estado da Paraíba. Até o momento, o sistema de informação SI-PNI registrou a aplicação de 5.003.671 doses na Paraíba. Desse total, 2.946.960 tomaram a primeira dose e 1.918.970 pessoas completaram os esquemas vacinais. Sobre as doses adicionais, foram aplicadas 6.563 em pessoas com alto grau de imunossupressão e 131.178 doses de reforço na população com idade a partir de 60 anos.

Compartilhe e nos ajude a continuar com o projeto

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

quinze + 12 =