Compartilhe e nos ajude a continuar com o projeto

O presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ), questionou nesta terça-feira os números do Ministério da Economia para proposta de transferência direta de 40 bilhões de reais a Estados e municípios e disse que ela oferece, de valores novos, 22 bilhões de reais.

Para Maia, os 22 bi são insuficientes e deixarão alguns Estados em situação “dramática”.

O deputado disse ainda que os cálculos da equipe econômica incluem valores já oferecidos e não deveriam ter sido contabilizados na proposta apresentada em contraposição a projeto aprovado na véspera pela Câmara dos Deputados que previa aos entes cerca de 85,5 bilhões de reais por seis meses, segundo cálculos da prória equipe econômica.

Compartilhe e nos ajude a continuar com o projeto

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

quatro − três =