O decreto estadual com medidas restritivas mais intensas, em um período de 10 dias, termina neste domingo (04). Por conta disso, as autoridades de saúde e o governador da Paraíba estão analisando as restrições tomadas para conter o avanço da pandemia na Paraíba. Neste sábado (03) uma nova reunião deve concluir o que será feito a partir da próxima segunda-feira. No entanto, o secretário de Estado da Saúde (SES-PB), Geraldo Medeiros, adiantou que haverá uma ‘flexibilização mais lenta’.

Ontem já ocorreu uma reunião, mas não se definiu todos os itens. Outra reunião acontece hoje. “Alguns itens ainda estão sendo analisados. Nós ainda não temos uma definição de todos os itens e de todos os segmentos que retornarão as suas atividades. Como falei, estamos entrando em uma fase de estabilização em alta e que só teremos menor número de casos novos e de óbitos a partir de 20 ade abril”, afirmou.

De acordo com o secretário Geraldo Medeiros, durante entrevista que o ClickPB acompanhou. a Paraíba está entrando em uma fase de estabilização em alta e que os resultados com menos casos e óbitos somente devem aparecer na segunda quinzena de abril. Durante o mês de abril foram abertos mais de 300 leitos para tratamento de pacientes com coronavírus na Paraíba, sendo 144 somente de Unidade de Terapia de Intensiva (UTI).

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

dezoito + 11 =