O ex-governador Ricardo Coutinho (PSB) poderá ser condenado a inelegibilidade nesta terça-feira (10) no julgamento do Tribunal Superior Eleitoral, na semana das eleições desde domingo.

Candidato a prefeito, ele já teve o voto contrário do ministro-relator Og Fernandes – aposentado – nas Aijes do PBPrev, Empreender e Pessoal. O julgamento, como se sabe, foi suspenso dia 31 de agosto.

 Quase três meses depois, o ministro Luís Felipe Salomão volta com o seu pedido vistas das três Ações de Investigação Judicial Eleitoral. Coutinho, na ótica do ministro Og, também do Superior Tribunal de Justiça, cometeu conduta vedada nas eleições de 2014.

Agora, o relator dessa matéria é o ministro Mauro Campbel Marques. O julgamento está previsto para às 19h.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

18 − um =