As feiras livres das cidades de Bayeux, Santa Rita, Conde e, em especial, JOão Pessoa, o que mais se constatou pela nossa redação foram aglomerações. Na feira livre de Oitizeiro (ver fotos), por exemplo, os flagrantes de amontoados de pessoas sem obedecerem o distanciamento social foram vísiveis. Nenhum órgão de prevenção e fiscalização se fez presente à esses locais.

Os Decretos do Governo do Estado, bem como das Prefeituras Municipais parecem não surtirem efeito nas feiras livres.

Por Marcos Lima

          

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

cinco × 4 =