Três homens acusados de participar do assassinato de Marcos Antônio do Nascimento Filho em uma padaria do bairro Jardim Luna, em João Pessoa, vão a juri popular nesta quinta-feira (19).

O homicídio ocorreu em junho de 2016 e, segundo investigações da Polícia Civil, foi planejado pela irmã da vítima, Maria Celeste de Medeiros Nascimento, condenada a 29 anos de prisão em 2018.

Os acusados estão detidos em penitenciárias da capital. Um homem, que estava preso no PB1, está foragido.

De acordo com as investigações, o motivo do crime foi o fato da vítima ter descoberto que sua irmã estava dilapidando os bens herdados do patriarca da família. À época, os bens da família eram avaliados em R$ 1 milhão.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

sete + nove =