“Bolsonaro tenta transformar a pandemia em trampolim eleitoral”, diz Josias de Souza.

“Desenvolveu uma insuspeitada vocação social. Mimetiza programas sociais de adversários. Gostaria de repetir mágicas que já se mostraram eleitoralmente rentáveis.

Guedes costuma dizer que, nos governos tucanos e petistas, o Brasil foi aprisionado por um esquerdismo social-democrata. Prometeu libertar o país dessa prisão. No momento, o ministro precisa evitar que o populismo de resultados de Bolsonaro aprisione o seu liberalismo, até aqui mais presente na garganta do que na vitrine (…).

O ministro da Economia precisa convencer Bolsonaro rapidamente que sem bilheteria não há circo. O presidente ergue sua lona eleitoral antes de garantir a sustentabilidade fiscal do espetáculo”.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

seis + três =