O Tribunal Regional do Estado da Paraíba (TRE-PB) decidiu, nesta quinta-feira (17), cassar o mandato da chapa composta pela prefeita Maria Eunice Pessoa (PSB), prefeita de Mamanguape, e a vice, Baby Helenita (PRTB), por abuso de poder político e econômico. A votação teve resultado de seis votos a um.

Conforme a denúncia, a compra de votos teria ocorrido através de ofertas de emprego, combustível, dinheiro em espécie e até cachaça.

A prefeita teria praticado compra de votos durante sua campanha eleitoral de 2016.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

catorze + dezenove =