O índice de pacientes jovens e adultos abaixo de 60 anos que morreram em decorrência da Covid-19 cresceu de forma considerável em março, o pior da pandemia até agora no Brasil.

Em março, o percentual de pessoas que morreram sem atingir 60 anos saltou 35% em relação aos dados registrados no ano passado.

Em 2020, os óbitos entre a faixa etária até 59 anos representavam 22,9% do total pela covid-19. Esse mês, passaram a representar 31% do total. A tendência é de alta, o que deve se intensificar com o avanço da vacinação entre os idosos.

Thank you for watching

Em termos proporcionais, a faixa dos 30 a 39 anos foi o maior crescimento, em 2020 representava 2,8% das mortes, já em março 4,4%. E entre 40 e 49 anos, o percentual subiu de 6,2% para 9,2% no mesmo período.

O aumento da mortalidade entre adultos não idosos por covid-19 na forma grave, já era previsto. Essa percepção já havia sido revelada por médicos do país, que afirmam que as UTIs estão com muito mais pacientes com menos de 60 anos do que na primeira onda da doença.

Em São Paulo, por exemplo, calcula-se um aumento de 25% a 35% de pacientes graves até 50 anos, em relação ao ano passado.

O índice de óbitos entre crianças e adolescentes permanece praticamente estável e não alcança nem 1% dos casos.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

três × 5 =